Sol Nascente

São desenhos-escrita que deslizam pela página, textos sem texto dentro e textos de texto-pensar. É isso que Sibila Madzalik de Moraes faz em Sol Nascente, o seu primeiro livro – tenta captar a durabilidade do instante, escreve totalidades em redução, cria imagens-luz. Fragmentário, o discurso foge àquilo que poderia ser considerado narrativa visual, transformando-se em poema-folha, pedaço de mina, onde se solta, contida, a mudez da autora, ou melhor a sua escuta do silêncio, escuta de olhar intacto.
Ana Marques Gastão,
no prefácio

Autora: Sibila Madzalik de Morais
Páginas: 68
Preço: 10€
Ano de edição: 2011
ISBN: 978-972-8870-32-4
Coleção: MeteoRitos

Sibila Madzalik de Morais nasceu em Lisboa, em 1970, de pai português e mãe alemã. Frequentou da primária até ao 12º ano a Escola Alemã de Lisboa. Ingressou na Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, tendo-se licenciado em Filosofia em 1993. Obteve uma bolsa de estudos de Pós-Graduação em Filosofia (Estética) pelo Serviço de Intercâmbio Académico Alemão em Erlangen, na Alemanha, com um trabalho sobre a Ontologia da Obra de Arte em Martin Heidegger. Vive desde 2000 em Colónia (Alemanha), trabalhou num museu e como freelancer num centro de documentação.

É casada e tem uma filha. Desenha com tinta-da-china e já participou em várias exposições. Alguns dos poemas publicados neste livro foram anteriormente publicados na série DiVersos 15 – Poesia e Tradução. Sol Nascente é o seu primeiro livro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s