DiVersos nº22

Recebemos há tempos, como oferta da Associação Porta Treze, de Vila Nova de Cerveira, animada por Luandino Vieira, quatro pequenos livros de quatro poetas angolanos, todos editados na coleção Vozes de Grilo, da editora NósSomos, de Luanda e Cerveira. Graças à gentileza do editor, conseguimos contactar os quatro autores e convidá-los a colaborar neste número da DiVersos.

Continuar a ler

DiVersos nº21

Na aldeia-globo, com fios e sem fios, sabemos hoje por vezes mais sobre os antípodas que sobre a terra ao pé de porta – e o mesmo se pode passar com a poesia e com as línguas de que a traduzimos. Desta reflexão à vontade de seguir mais de perto a poesia escrita em galego vai um pequeno passo, que adiante tentaremos explicar. E começando (recomeçando) por algum nome, que outro mais indicado que o de Rosalía de Castro?

Continuar a ler

DiVersos nº20

Um convite a colaborar feito a Eduarda Chiote resultou em algo nunca antes acontecido na DiVersos: a publicação de poesia inédita de um só autor ao longo de 26 páginas. O conjunto que recebemos na sequência desse convite, Fiat Lux, além de notável, não era suscetível de ser fragmentado por meio da escolha de apenas alguns poucos dos seus 36 poemas. Deixar Fiat Lux de lado seria impensável – restou publicá-lo na íntegra, com a consciência de assim prestarmos um serviço à poesia de língua portuguesa.

Continuar a ler

Como colaborar na DiVersos

Para os autores de originais em língua portuguesa, seja qual for o seu país de origem, enviar o equivalente a 4 a 8 páginas (os poemas deverão ser inéditos em papel; poderão eventualmente estar já disponíveis na Rede). Para os autores traduzidos, enviar no mínimo três poemas traduzidos de um mesmo autor, seja qual for a língua de origem. O envio deverá ser de preferência por email com anexo em formato .doc ou .docx. Enviar sempre uma curta nota bibliográfica do autor ou do autor e tradutor, de 6 a 8 linhas, com indicação do ano e local de nascimento (e eventualmente ano e local de falecimento).

Coordenação editorial

A revista DiVersos foi fundada em 1996 pelos quatro poetas abaixo:

Carlos Leite
Nasceu em 1949 em Vila Real. Publicou, de poesia: O Pesquisador de Ouro, A Máquina Vaporosa, O Brilho do Residual, O Desflashar dos Espaços, e Ostende. É tradutor profissional, em Bruxelas.

Jorge Vilhena Mesquita
Jorge Vilhena Mesquita nasceu no Porto em 1960. Vive em Bruxelas desde 1985. Tem publicado na DiVersos poemas seus e traduções de vários poetas (Petrarca, Shakespeare e Nietzsche, entre outros). Em 2005 e em 2010, respectivamente, publicou nas Edições Sempre-em-Pé os livros de poesia O Sentimento da Ausência e Vida Adentro. Uma ampla recolha da sua poesia publicada está disponível no sítio Web “Poesia de Passagem”.

José Carlos Marques
Nasceu em 1945 no Porto. Licenciado em filosofia, foi professor do ensino secundário, editor, assessor e leitor editorial e tradutor profissional numa organização internacional europeia. Foi um dos fundadores das Edições Afrontamento, da revista e da coleção Espaço e da revista de poesia Erguer a Voz e Cantar.

Manuel Resende
Nasceu em 1948 no Porto. Poeta e tradutor profissional. Publicou Natureza Morta com Desodorizante, Em Qualquer Lugar e O Mundo Clamoroso.

Os números 1 a 7 da DiVersos foram coordenados pelos quatro fundadores. A partir do número 8 a coordenação editorial é assegurada por Jorge Vilhena Mesquita e José Carlos Marques.

DiVersos – Poesia e Tradução

Uma série de poesia e tradução de poesia que acolhe todas as correntes estéticas e literárias do passado e do presente, atenta apenas à voz que em cada poema se exprime. A publicação é semestral e ao todo inclui algumas centenas de autores e tradutores nacionais e estrangeiros.

A DiVersos não tem distribuição comercial e apenas pode ser comprada diretamente ao editor, seja em números avulso seja em assinatura. Os números da DiVersos do n.º 2 (n.º 1 esgotado) ao n.º 15 custam €2,00 cada, os seguintes, €10,00 cada. Portes de correio variáveis conforme o peso. Para assinar uma série de quatro números (em Portugal: €30,00, para o estrangeiro, €38,00) ou para informações ou dúvidas, use os contactos gerais da página. Os novos assinantes ou os assinantes que renovem assinatura são convidados a escolher um dos títulos de poesia das Edições Sempre-em-Pé, que lhe será enviado gratuitamente como expressão de boas-vindas.